Chá de Hibisco emagrece?
22 de dezembro de 2023
Gratidão: exercê-la regularmente muda a estrutura molecular cerebral
23 de dezembro de 2023

Não confunda celulite com lipedema

Celulite vs. Lipedema…você sabe qual é a diferença?

A celulite é muito comum e é caracterizada por depósitos de gordura sob a pele, criando uma aparência de “casca de laranja”. Não está necessariamente ligada a problemas médicos graves, mas pode impactar a autoestima.

O lipedema, por sua vez, é uma condição crônica que envolve o acúmulo anormal de gordura, geralmente nas pernas e braços. Diferentemente da celulite, o lipedema pode levar a dores, hematomas e inflamações. É crucial distinguir entre essas condições para garantir um tratamento adequado.

Sua causa, além de ser genética é, acima de tudo, resultado de um estilo de vida inflamatório e multifatorial, como os disruptores endócrinos, hiperestrogenismo (aumento do estrogênio no corpo) e intestino com permeabilidade intestinal/leaky gut (aliás, nestes casos, o corpo vai dando sinais como inchaços, dores, estufamento, rinites etc). Esta condição pode ser piorada pelo uso de anticoncepcionais (hormônios sintéticos), miomas e mesmo por endometriose. A inflamação vai gerando uma atividade mastocitária e, eles por sua vez, criam uma fibrose que dá origem ao lipedema (em breve farei um post explicando melhor isso!).

Estas alterações deixam o organismo bastante sucetível a inflamações e, com isso, o acúmulo de gordura nos tecidos pode gerar quadros de lipedema. Além dos problemas como dificuldade de locomoção, edemas e fadiga, a doença compromete a autoestima da paciente. Uma vez que é vista como obesidade. Notem que mesmo durante períodos de emagrecimento (pacientes com redução de +10kg), o lipedema persiste.

O tratamento envolve não apenas uma ressignificação alimentar, mas também o cuidado com relação a redução da inflamação no corpo via supelmentação e soros com bioativos curcuminóides, vitamina D e, claro ômega 3, bem como cirurgia – que só terá benefícios após um tratamento para redução do quadro inflamatório.

Se você ou alguém que conhece está enfrentando desconfortos semelhantes, consulte um profissional de saúde da medicina integrativa, onde tratamos o problema em sua raíz por meio de uma abordagem holística e multiprofissional!

WhatsApp chat